Publicado por: geama | 27/01/2012

Musica na Arte Espírita – Educação Musical

A música é, sem dúvida, um dom do ser humano. Ela está presente em todas as culturas ao longo da história humana, expressando sentimentos, unindo grupos e sociedades, revelando de forma objetiva leis universais e espirituais. Fazer música parece ser algo indissociável da condição de ser humano, algo a que todos aspiramos e sentimos uma grande satisfação quando realizamos.

Cientistas mostram que as experiências durante a  infância alimentam os circuitos nervosos e determinam o futuro da inteligência. A música é um dos estímulos mais potentes para ativar os circuitos do cérebro. A janela de oportunidade musical abre-se aos 3 anos e fecha-se aos 10 anos. Não por acaso conhecem-se tão poucos concertistas que tenham começado seu aprendizado musical depois de iniciada a adolescência.

Em outubro de 1995, pesquisadores da Universidade de Konstanz, na Alemanha, estudaram o cérebro de nove músicos destros, do naipe das cordas, de uma orquestra local. Graças ao exame de ressonância nuclear magnética, perceberam que as porções cerebrais relacionadas aos movimentos do polegar eram maiores do que entre os não músicos. Nessa diferença, não importava a quantidade de horas dedicadas ao estudo musical, e sim em que idade eles haviam sido apresentados aos instrumentos, sempre cedo.

Educação musical é a educação  que oportuniza ao indivíduo o acesso à música enquanto arte, linguagem e conhecimento.  Nem sempre a Educação Musical busca a formação do músico profissional, muito embora para estes os conhecimentos desta área sejam importantes. A Educação Musical no âmbito da escola regular, por exemplo, busca musicalizar o indivíduo, ou seja, dar a ele as condições para que compreenda o que se passa no plano da expressão  e no plano do significado quando ouve ou executa música. Musicalizar é dar ao indivíduo as ferramentas básicas para a compreensão e utilização da linguagem musical.

A musicalização é um processo de construção do conhecimento que tem como objetivo despertar e desenvolver o gosto musical, favorecendo o desenvolvimento da sensibilidade, criatividade, senso rítmico, do prazer de ouvir música, da imaginação, memória, concentração, atenção, autodisciplina, do respeito ao próximo, da socialização e afetividade, também contribuindo para uma efetiva consciência corporal e de movimentação.

Não há idade, nem tempo, para a Educação Musical. Na criança abre-se um leque de possibilidades, como já foi falado acima, mas no adulto resgata-se a criança que ainda vive nele. A musicalização na maturidade exige habilidades diferentes da musicalização na infância, exige isca e anzol diferentes. O adulto geralmente apela mais para a razão, para a lógica e até para a matematização dos conteúdos. Nas crianças, basta prender a atenção.

O que precisamos para começarmos a nos educar? Ouvir música, muita música. Todos os tipos de músicas. Educar nossos ouvidos. Criar em nossas mentes o prazer de ouvir. Mas é só isso? Acredito que não, mas já é um começo. Se puder, com um grupo de amigos, crie um grupo para ouvir música. Mas não se limite a ouvir a determinado tipo de música, ou uma “banda”. Busque ampliar os limites da percepção musical, tente ouvir uma ópera e, logo depois, uma banda pop. Procure identificar todos os instrumentos e todas as vozes presentes em determinada música e a participação de cada um no conjunto. Enfim, amplie seus limites.

Equipe do Blog


Responses

  1. Que mega interessante! Agora já sei que quando tiver um filho com certeza ele já vai ter um rádinho só pra ele ouvi já desde cedo mt música rsrs.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: