Publicado por: geama | 24/09/2010

Espírita, mas não Espírita: Auto da Lusitânia

A coluna de hoje será um pouco diferente. O texto é um pedaço de um Auto chamado “Auto da Lusitânia” e foi escrita em 1532 por Gil Vicente, primeiro grande dramaturgo português.

Para quem assistiu ao vídeo da nossa peça Seres Píritas, viu como, muitas vezes, nós Espíritas podemos ser vistos como “alienígenas”, já que tomamos (ou deveríamos tomar) atitudes diferentes da maioria das pessoas.

Esse pedaço do Auto é uma brincadeira sobre esse assunto e mostra o diálogo de dois personagens – Todo o Mundo e Ninguém-, que é visto por dois demônios – Belzebu e Dinato.

Todo o Mundo é um rico mercador ganancioso, vaidoso e orgulhoso que representa a maioria das pessoas do mundo. Já Ninguém é um pobre, virtuoso, humilde e honesto que representa a minoria das pessoas, esses Seres Píritas que andam por aí e precisam se multiplicar.

E aqui vai o Auto da Lusitânia:

Entra Todo o Mundo, rico mercador, e faz que anda buscando alguma cousa que perdeu; e logo após, um homem, vestido como pobre. Este se chama Ninguém e diz:

Ninguém: Que andas tu aí buscando?

Todo o Mundo: Mil cousas ando a buscar:
delas não posso achar,
porém ando porfiando*
por quão bom é porfiar.

Porfiando: insistindo, teimando.

Ninguém: Como hás nome, cavaleiro?

Todo o Mundo: Eu hei nome Todo o Mundo
e meu tempo todo inteiro
sempre é buscar dinheiro
e sempre nisto me fundo*.

Fundar: basear, seguir.

Ninguém: Eu hei nome Ninguém,
e busco a consciência.

Belzebu: Esta é boa experiência:
Dinato, escreve isto bem.

Dinato: Que escreverei, companheiro?

Belzebu: Que Ninguém busca consciência.
e Todo o Mundo dinheiro.

Ninguém: E agora que buscas lá?

Todo o Mundo: Busco honra muito grande.

Ninguém: E eu virtude, que Deus mande
que tope com ela já.

Belzebu: Outra adição nos acude*:
escreve logo aí, a fundo,
que busca honra Todo o Mundo
e Ninguém busca virtude.

Acudir: ocorrer.

Ninguém: Buscas outro mor* bem qu’esse?

Mor: maior. Buscas outro bem maior?

Todo o Mundo: Busco mais quem me louvasse
tudo quanto eu fizesse.

Ninguém: E eu quem me repreendesse
em cada cousa que errasse.

Belzebu: Escreve mais.

Dinato: Que tens sabido?

Belzebu: Que quer em extremo grado
Todo o Mundo ser louvado,
e Ninguém ser repreendido.

Ninguém: Buscas mais, amigo meu?

Todo o Mundo: Busco a vida a quem ma* dê.

Ma: me + a.

Ninguém: A vida não sei que é,
a morte conheço eu.

Belzebu: Escreve lá outra sorte.

Dinato: Que sorte?

Belzebu: Muito garrida*:
Todo o Mundo busca a vida
e Ninguém conhece a morte.

Garrida: engraçada.

Todo o Mundo: E mais queria o paraíso,
sem mo* ninguém estorvar*.

Mo: me + o.
Estorvar: atrapalhar.

Ninguém: E eu ponho-me* a pagar
quanto devo para isso.

Ponho: proponho.

Belzebu: Escreve com muito aviso.

Dinato: Que escreverei?

Belzebu: Escreve
que Todo o Mundo quer paraíso
e Ninguém paga o que deve.

Todo o Mundo: Folgo* muito d’enganar,
e mentir nasceu comigo.

Folgo: gosto.

Ninguém: Eu sempre verdade digo
sem nunca me desviar.

Belzebu: Ora escreve lá, compadre,
não sejas tu preguiçoso.

Dinato: Quê?

Belzebu: Que Todo o Mundo é mentiroso,
e Ninguém diz a verdade.

Ninguém: Que mais buscas?

Todo o Mundo: Lisonjear.

Ninguém: Eu sou todo desengano.

Belzebu: Escreve, ande lá, mano.

Dinato: Que me mandas assentar?

Belzebu: Põe aí mui* declarado,
não te fique no tinteiro:
Todo o Mundo é lisonjeiro,
e Ninguém desenganado.

Mui: muito.


O mundo de Regeneração está aí e essa situação está para ser revertida. Que possamos ser esses Ninguéns e ajudar esse grupo a crescer para que, então, Todo o Mundo seja virtuoso, humilde e honesto.

Carol Barra
Equipe do Blog


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: